Sinta-se tão grato à existênciaSinta-se tão grato à existência quanto possível, pelas pequenas coisas, e não somente pelas grandes, simplesmente por estar respirando. Nada temos a reivindicar à existência, assim, tudo o que é dado é uma dádiva.

Cresça cada vez mais em gratidão e reconhecimento, deixe que isso se torne seu estilo. Seja grato a todos. Se as pessoas compreenderem a gratidão, ficarão gratas por coisas que foram feitas positivamente e até por coisas que poderiam ter sido, mas que não foram feitas. Você fica grato porque alguém o ajudou, esse é apenas o começo. Depois começa a se sentir grato por alguém não ter prejudicado você, ele poderia, e foi bondade da parte dele não ter prejudicado você.

Uma vez entendido o sentimento da gratidão e permitindo que ele se aprofunde em você, começará a se sentir grato por tudo. E, quanto mais grato você ficar, haverá menos queixas e menos resmungos. Uma vez desaparecidas as queixas, a infelicidade desaparecerá. Ela existe com as queixas, está enganchada nas queixas e na mente queixosa. A infelicidade é impossível com a gratidão. Esse é um dos segredos mais importantes a serem aprendidos.

Osho

Mesmo que eu ande por um vale de sombra…

Mesmo que eu ande por um vale de sombraPara eliminar as impurezas do pensamento e do coração. Aumentar o conhecimento. Reconciliar-se com todas as pessoas. Proteção espiritual, afastar a insegurança e falsas amizades.

O Bom Pastor

1 Salmo de Davi.

O Senhor é meu pastor, nada me falta, nem faltará.

2 Em verdes campos me faz repousar, me conduz por águas tranquilas

3 e reanima minha alma. Guia-me pelos caminhos da justiça. “Honro Teu nome e Teu amor por mim.”

4 Mesmo que eu ande por um vale de sombra, não temo mal algum, pois bem sei que ao meu lado está o Senhor. Teu bastão e Teu cajado me confortam. Estou sob Tua forte e poderosa proteção.

5 Na presença dos meus adversários, prepara-me uma linda e abundante mesa para minha tranquila refeição, unge minha cabeça com óleo perfumado, minha taça transborda de tanta satisfação.

6 Com Teu amor, prospero sempre! EU SOU eternamente grato ao Senhor, que me é fiel, me acompanha e sempre me acompanhará por todos os dias de minha vida. Habito na casa do Senhor, desde longa data para todo o sempre.

Deus provê todas as suas necessidades.

Joseph Murphy, disse: “Ao depositar sua e confiança no Espírito Infinito que existe dentro de você, para dirigi-lo, guiá-lo e suprir todas as suas necessidades, nunca precisará provar que Deus é seu pastor, pois todas as suas necessidades são supridas de maneira compacta, unívoca e fluente… Todas as suas necessidades são preenchidas a todo momento no tempo, e em todo ponto do espaço.”

E afirma: “O Poder do Espírito (Deus) é supremo. Ao pedir que o Espírito Infinito guie e dirija você por todos os seus caminhos e que a ação direta e Divina reine suprema, você está reconhecendo o Senhor como o seu pastor, e todos os seus passos serão na alegria, e todos os seus caminhos serão na paz. Lembre-se de que tudo aquilo em que meditar, detiver sua atenção ou abraçar com sua crença se tornará um guia e diretriz para sua vida.”

Aconselha: “Aprenda a se apoiar em Deus e a depender totalmente da Presença e Poder Infinitos dentro de você. Este Poder nunca falha. Você tem autoridade para solicitar tal Poder, e assim que se voltar para Ele a resposta virá, trazendo conforto, paz e uma sensação de segurança.”

Emerson define a prece como a contemplação das verdades da vida a partir do mais alto ponto de vista. A meditação é a atenção tranquila da mente sobre certos assuntos selecionados, nos quais você decide depositar ou focalizar seus pensamentos.

Shakespeare disse: “Tudo está pronto se a mente estiver.”

Angela Jabor

Se você não se valoriza, por que alguém irá fazê-lo?

Muita gente associa o estresse ao cansaço quando, no fundo, toda tensão física é resultado de repressões psicológicas. Pois é… São nossos pensamentos que tumultuam nosso fluxo de energia.

Vamos mudá-los? Comecemos pelo apego. Como a gente se apega às pessoas! No fundo, nos apegamos a algo que vemos nelas: segurança, apoio, amor. O apego existe porque você espera que os outros lhe deem o que você não consegue obter dentro de si mesma. Mas há um meio de encontrarmos o que precisamos dentro de nós!

Imagine-se tirando do seu corpo todas as pessoas que conhece: familiares, colegas de trabalho, amigas, vizinhas. Agora, imagine que está dentro de um estádio, bem no meio do campo, e todas essas pessoas estão quietas, nas arquibancadas. Diga a elas: “Estou me dando o direito de não esperar nada de vocês. Deixo de lado qualquer expectativa e, o que vier, é lucro”. Escutando você, elas começam a abandonar o estádio. E ele fica vazio. Pela primeira vez, dentro de você não tem ninguém. Você está só, olha para o chão e vê um buraco. Agora pule e sinta apenas a sensação de cair.

De repente, o fundo começa a aparecer. Seja o que for: pedra, água, luz, não importa, fixe seu olhar nesse fundo. Se o que você viu foi uma pedra, imagine-se derretendo e virando uma pedra. Diga: “eu sou as sensações que tenho agora. Na realidade, caí dentro de mim, da minha essência”. Então o buraco some e só ficam as sensações. Tudo o que você queria está simplesmente em você!

Está se sentindo mais segura e livre? Agora vamos sentir que podemos nos tornar ainda mais leves. Lembre-se de soltar todos os ressentimentos que ficaram presos em você todos esses anos quando as pessoas não lhe deram o que queria.

Reflita: se você não se valorizou, por que alguém iria fazê-lo? Você é a responsável por tudo aquilo que se passa na sua vida! Então, limpe-se por dentro e perdoe compreendendo que cada um deu aquilo que podia ter dado. Mergulhe na consciência da sua própria liberdade: “Meu corpo está limpo. Meus sentimentos estão renovados. Desfruto de paz. Não há obstáculos na minha vida. Todos os recursos estão em mim. Eu me sinto superior ao que eu era. Eu me sinto melhor e efetivamente bem”.

Luiz Gasparetto.

Nosso primeiro ato de liberdade

A felicidade genuína é o sintoma de uma mente saudável e equilibrada, assim como o bem-estar físico é o resultado de um corpo saudável. Entre as pessoas do mundo moderno, predomina a noção de que o sofrimento faz parte da vida, que é simplesmente normal experienciar frustração, depressão e ansiedade. Nosso sofrimento mental, porém, em muitas ocasiões não tem razão alguma de ser. Ele representa uma aflição sem benefício algum para nós. É somente o sintoma de uma mente desequilibrada.

Em nossa busca constante pela felicidade, é importante que reconheçamos como algumas coisas no mundo estão fora do nosso controle. As outras pessoas – família, amigos, colegas de trabalho e estranhos – se comportam como querem, de acordo com suas próprias ideias e objetivos de vida. Da mesma forma, não há muita coisa que possamos fazer para controlar a economia, as relações internacionais ou o ambiente natural. Portanto, se basearmos nossa busca da felicidade na nossa habilidade de influenciar outras pessoas e o mundo de um modo geral, é quase certo que o fracasso será total. Então, o que podemos controlar? Que tipo de liberdade temos aqui e agora? Nosso primeiro ato de liberdade deve ser o de estabelecer claramente nossas prioridades.”

Alan Wallace

Quanto mais livres formos

Nosso maior medo não é o de sermos incapazes.

Nosso maior medo é descobrir que somos muito mais poderosos do que pensamos.

É nossa luz, e não nossas trevas, aquilo que mais nos assusta.

Vivemos nos perguntando: quem sou eu, que me julgo tão insignificante, para aceitar o desafio de ser brilhante, sedutora, talentosa, fabulosa?

Na verdade, por que não?

Procurar ser medíocre não vai ajudar em nada o mundo, ou os nossos filhos.

Não existe nenhum mérito em diminuir nossos talentos, apenas para que os outros não se sintam inseguros ao nosso lado.

Nascemos para manifestar a glória de Deus – que está em todos, e não apenas em alguns eleitos. Quando tentamos mostrar esta glória, inconscientemente damos permissão para que nossos amigos possam também manifestá-la.

Quanto mais livres formos, mais livres tornamos aqueles que nos cercam.

Marianne Williamson

Você só será uma pessoa realmente livre quando conseguir descartar-se dos maus hábitos

As suas inspirações passageiras, ou ideias brilhantes, não controlam tanto a sua vida como o fazem seus hábitos mentais diários.

Bons hábitos são seus melhores amigos, preserve a força deles com estímulos de boas ações. Maus hábitos são seus piores inimigos, contra sua vontade eles lhe obrigam a fazer coisas que lhe machucam mais e mais. Eles são prejudiciais a sua felicidade física, social, mental, moral e espiritual. Deixe de nutrir os maus hábitos recusando-se a dar a eles qualquer tipo de alimento adicional de más ações.

Bons ou maus hábitos precisam de tempo para adquirirem força. Maus hábitos poderosos poderão ser destronados pelos bons hábitos opostos se estes forem cultivados com paciência.

Um mau hábito pode ser rapidamente modificado. Um hábito é o resultado da concentração da mente. Você tem pensado de uma certa forma. Para formar um novo e bom hábito basta concentrar-se na direção oposta.

Através das dificuldades das lições do dia-a-dia, você verá claramente que os maus hábitos nutrem a árvore dos infindáveis desejos materiais, enquanto os bons hábitos nutrem a árvore das aspirações espirituais. Você deve concentrar os seus esforços, cada vez mais, no desenvolvimento saudável da árvore espiritual, para que um dia você possa colher os frutos maduros da realização do seu Eu divino.

Seja cuidadoso com o que você decidir fazer conscientemente, pois, a não ser que sua força de vontade seja muito forte, será isto que você terá de fazer repetida e compulsivamente através da força influenciadora dos hábitos da mente subconsciente.

Hábitos de pensamentos são magnetos mentais que atraem para você certas coisas, pessoas e condições. Enfraqueça um mau hábito, evitando tudo aquilo que o ocasionou ou que o estimulou, porém, sem se concentrar nele. Dirija então sua mente para bons hábitos e, firmemente, cultive-os até que passem a fazer parte de você.

A verdadeira liberdade consiste no desempenho de todas as ações, na alimentação, leitura, trabalho e assim por diante, de acordo com o julgamento correto e escolha da vontade, e não compelido pelos hábitos. Coma o que deve comer e não necessariamente o que está habituado a comer. Faça o que deve fazer e não o que seus maus hábitos ditarem.

Você só será uma pessoa realmente livre quando conseguir descartar-se dos maus hábitos. Você só será uma alma livre quando for um verdadeiro mestre capaz de comandar a si mesmo a fazer as coisas que devem ser feitas, mesmo sem querer fazer. Nessa força de autocontrole está a semente da liberdade eterna.

Não continue a viver sempre do mesmo jeito antigo. Trabalhe a sua mente para que alguma coisa seja feita para melhorar sua vida, e então faça. Mudar sua consciência, é tudo o que é necessário fazer.

Se você for capaz de se libertar de todos os tipos de maus hábitos e de fazer o bem porque quer fazer o bem e não meramente porque o mal traz tristeza, então você está verdadeiramente progredindo espiritualmente.

Paramahansa Yogananda

Abra o seu coração

Pare de ser um ingrato e perceba os favores que estão acontecendo pra você!

A gratidão deveria ser o seu principal ingrediente de vida, sabia? Sim, porque a recompensa da gratidão está exatamente no ato de dividir. O maior prejuízo do ingrato é não conseguir dividir, compartilhar. O ingrato só sabe guardar. E quem é agradecido reparte com os outros a sua vida, sua alegria, o seu prazer de estar nesse mundo maravilhoso.

Não tem como se sentir feliz sem agradecer, sem sentir o coração cheio de gratidão. Certo? Comece a agradecer já pelo dom da vida! Agradeça por você e por todos que não têm essa mesma capacidade de enxergar e reconhecer que a vida é o maior dos presentes.

O ato de agradecer invoca sempre um bem maior! Sempre! Até experiências dolorosas se tornam aprendizados quando o Universo executa seu plano perfeito através delas. Experimente deixar o seu coração aberto e agradecido!

De um ponto de vista racional, a experiência de perder alguém que a gente ama, é um trauma terrível. Mas se você agradece por esse alguém que se foi, pela vida dele, tudo muda! E rapidinho vai poder perceber as transformações e mudanças. Para melhor, é claro! E o que era uma tragédia pode ser um presente, viu?

Dê uma olhadinha em sua vida e responda pra você mesmo: estou sendo grato por todas as experiências que tenho passado? Se estiver reagindo negativamente a uma determinada situação, tente abordá-la de uma maneira diferente, tá?

Agradeça pelo fato de a situação ser exatamente como é. Fique atento, aprenda ao observar o que acontece quando você muda de atitude a respeito da situação em que se encontra.

Agradeça sempre! Por tudo! Por todos! Quem agradece está dizendo “sim” ao Universo! Tente se lembrar que tudo está se desenvolvendo com perfeição e que cada experiência em sua vida está te levando mais perto de Deus.

O melhor de você está em você mesmo.

Luis Carlos Mazzini