Somos aquilo em que acreditamos

Somos aquilo em que acreditamos universo naturalNosso sistema de crenças se baseia na experiência passada, que está sendo constantemente revivida no presente, antecipando o futuro como uma cópia do passado. Nossas percepções presentes são tão influenciadas pelo passado que nos tornamos incapazes de ver os acontecimentos imediatos da nossa vida sem distorções e limitações. Com boa vontade, podemos reexaminar quem pensamos que somos a fim de obter uma visão nova e mais profunda da nossa verdadeira identidade.

Para ter a sensação de liberdade total, é importante afastar-nos das preocupações com o passado e o futuro e optar por viver agora. Ser livre significa também não estar confinado à realidade que parece limitada por nossos sentidos físicos. Ser livres nos permite participar do Amor que partilhamos com todos os outros. Não seremos livres enquanto não disciplinarmos e retreinarmos a nossa mente.

Embora todos nós queiramos o Amor, muitos de nós parecemos incapazes de vivê-lo. Os medos provenientes de um passado cheio de culpa bloqueiam nossa capacidade de dar e receber Amor no presente. O medo e o Amor nunca podem ser experienciados ao mesmo tempo. A nós cabe escolher que emoções desejamos sentir. Ao optar pelo Amor com mais frequência em detrimento do medo, podemos mudara natureza e a qualidade dos nossos relacionamentos.

Quando percebemos que alguém está nos atacando, em geral partimos para a defesa e encontramos uma forma, direta ou indireta, de revidar. O ataque sempre nasce do medo e da culpa. Ninguém ataca a não ser que se sinta ameaçado e acredite que, com essa atitude, vai conseguir demonstrar sua força, à custa da vulnerabilidade de outro. Na verdade, o ataque é uma forma de defesa, e, como todas as formas de defesa destinadas a manter a culpa e o medo fora da nossa consciência, ele, na verdade, alimenta o problema.

Para sentir paz em vez de conflito, é necessário mudar a nossa percepção.

Gerald Jampolsky

O caminho para a paz interior

O caminho para a paz interior universo naturalNa terra física, rara é a pessoa que não se queixa de alguma coisa, que não esteja constantemente doente de um modo ou de outro. Um não faz bem a digestão, outro sofre de incessantes dores de cabeça, um terceiro padece de esgotamento nervoso, e assim por diante. No mundo da emoção, as coisas não se passam melhor, pois as pessoas com frequência se deixam abater e torturar por sentimentos violentos, melancolia, cólera, ciúme, inveja, e se tornam assim desnecessariamente infelizes. Nem ficam em paz mentalmente, porque estão sempre saltando de uma para outra linha de pensamento, confusos e cheios de preocupações, desejando sem cessar coisas novas antes de haverem compreendido ou utilizado as velhas.

São três as coisas dessa inquietação universal: a ignorância, o desejo e o egoísmo. O caminho para a paz consiste, portanto, em transpor tais obstáculos, substituindo-os pelos seus contrários; em adquirir conhecimentos, autodomínio e altruísmo. Pensam os homens muitas vezes que as causas de suas ansiedades são externas, que o sofrimento e os dissabores lhes fazem pressão de fora, sem refletirem que não há fator externo que os possa influenciar a não ser que o consintam. Ninguém, se não nós mesmos, pode fazer-nos mal ou embaraçar-nos, assim como pessoa alguma pode promover o nosso progresso, se não nós mesmos. Como já se disse muito bem no Oriente, o caminho está dentro de nós. Se nos dermos ao trabalho de prestar atenção, veremos que é assim.

Charles Webster Leadbeater 

Harmonização Energética

Cure seus relacionamentos

Como curar relacionamentos  universo naturalCurar nossos relacionamentos é a nossa própria escolha, já que na verdade não são os outros que estamos perdoando realmente.

São apenas nossas próprias atitudes e julgamentos a respeito deles que precisam ser perdoados.

São os nossos pensamentos e julgamentos hoje, e não mais a outra pessoa, que nos causam dor no presente.

E já que estes pensamentos e julgamentos são nossos, apenas nossos, somos nós que precisamos nos empenhar em perdoar, em mudar nossa mente e nos libertar das queixas passadas.

É possível curar todos os relacionamentos?

Sim!

É possível curar não apenas alguns, mas todos os nossos relacionamentos.

Podemos fazê-lo desistindo de qualquer forma preconcebida, ou dos roteiros mentais que tenhamos escrito sobre os outros.

Podemos fazer isso nos dispondo a acabar com todas as queixas e pensamentos de agressividade.

E podemos fazer isso por meio do processo do perdão.

Reconhecendo que não somos vítimas dos nossos relacionamentos e, sim, participantes deles.

Optando por ver os outros como seres que nos amam ou, caso os percebamos como nossos agressores, optando por vê-los como seres cheios de medo.

Lembrando que aquilo que percebemos nos outros e no mundo exterior é uma projeção dos pensamentos – quer positivos quer negativos – contidos em nossa mente.

Tornando-nos “buscadores de amor” em vez de “buscadores de defeitos”.

Direcionando a nós mesmos e escolhendo ser interiormente pacíficos, não importando o que esteja acontecendo fora de nós.

Podemos começar a reconhecer que a cura dos nossos relacionamentos está diretamente ligada à Cura das Atitudes que estamos conservando em nossa mente a respeito desses relacionamentos.

Afirmações

1-Escolho curar meu relacionamento comigo mesmo deixando que o hábito de julgar a mim mesmo se vá.

2 – Escolho unir-me aos outros, em vez de me separar deles, abandonando meus julgamentos sobre eles.

3 – Escolho rasgar todos os roteiros que escrevi para o modo como acho que as pessoas deveriam ser em minha vida.

4 – Escolho lembrar que o que realmente conta em meus relacionamentos não é quanto eu faço ou digo, mas sim com quanto amor eu faço ou digo.

5 – As palavras que eu escolho em minhas comunicações sempre determinam se minha intenção é unir ou separar.

6 – Hoje, eu escolho lembrar-me de que realmente mereço o direito de ser feliz.

7 – Hoje, eu escolho desistir de me sentir uma vítima dos meus relacionamentos e assumirei a responsabilidade por minha vida.

8 – Sempre que ficar preso no passado ou no futuro, escolherei lembrar-me de que o amor só pode ser vivenciado no presente.

9 – Posso optar pelo amor em vez do medo, em todos os meus relacionamentos.

O inimigo não está a nossa frente, mas dentro de nós. Defesas refletem feridas. Ataques são gritos por amor. Relacionamentos são oportunidades de saber quem somos.

Como curar seus relacionamentos?

Gerald Jampolsky e Diane Cirincione

Que haja luz, muita luz, em sua vida

Que haja luz, muita luz, em sua vida universo naturalQue você reverencie seus pais e cuide bem de seus filhos.

Que você não permita que ser algum roube sua generosidade.

Que o paraíso não seja em algum lugar lá do céu, mas num cantinho secreto de seu coração.

Que você tenha a sabedoria de extrair lições de cada dificuldade.

Que você cuide bem de sua criança interior e se fortaleça em sua alegria.

Que o passar dos anos não lhe traga apenas rugas, mas muita maturidade e equilíbrio.

Que você não se perca em emoções medíocres e seja capaz de enfrentar as coisas estranhas, suas e dos outros, com grande ânimo e muita luz no coração.

Que nada nem ninguém sejam capazes de drenar suas energias ou fazê-lo acreditar que a consciência se extingue na morte e que não vale a pena lutar pelo que é sadio e justo.

Que a luz da imortalidade brilhe em seus olhos, não por crença cega, mas por lucidez.

Que você saiba que os seus amores que já partiram são bem cuidados na vida extrafísica.

Que você se lembre deles, com carinho e encanto, e que isso conforte sua saudade e o faça viver melhor, em memória deles, que, lá do céu, torcem por você.

Que você não humilhe o mais fraco nem fale mal dos outros, pois nunca se sabe da verdadeira dor que viaja dentro de alguém ou da prova que a pressiona por dentro.

Que você escute boa música, com enlevo e revelação, e que isso alegre seu coração.

Que você se encante com poemas inspirados e veja neles a letra do Ancião dos dias.

Que você sinta a Presença que está em tudo, em cada respiração.

Que haja graça em seu viver e que você agradeça ao Todo, só por existir.

Que você se emocione, cada vez mais, com a simplicidade da vida, e saiba apreciar a claridade e a beleza do dia e a suavidade de uma noite enluarada.

Que você ainda se emocione vendo o momento da aurora ou do entardecer, quando a festa da luz acontece no firmamento e encanta o coração.

Que a visão do céu noturno, coalhado de estrelas, expanda sua consciência.

Que você se admire com a natureza da Mãe Terra e a reverencie.

Que seus pensamentos voem nas asas da prece e abençoem e levem luz a todos.

Que seus sentimentos sejam lindos e suas energias maravilhosas.

Que você seja feliz, dentro ou fora do corpo.

Que haja luz, muita luz, em sua vida, por obra e graça da Presença que está em tudo.

Que assim seja, por você e por todos.

Pela vida.

Pela Presença.

Paz e Luz.

De alguém que se importa…

Filho da Paz.

 Wagner Borges

Suas palavras constroem o seu destino

Suas palavras constroem o seu destino universo naturalExiste um poder imenso nas palavras faladas, mas poucos têm consciência dele. As palavras devem ser consideradas os alicerces daquilo que construímos na vida. Usamos palavras o tempo todo e raramente pensamos no que dizemos e como falamos. Como prestamos pouca atenção a nossa escolha de palavras, a maioria de nós fala muito com negativas…

Lembre-se sempre: existe poder em suas palavras. O poder vem quando você assume a responsabilidade por sua vida…

E para ser responsável por sua vida, você tem de ser responsável pelas palavras que saem de sua boca. As palavras e frases que você emite são extensões de seus pensamentos.

Portanto, comece a prestar atenção ao que você diz. Se estiver usando palavras negativas ou limitadoras, modifique-as…

Quando estiver com outras pessoas, preste atenção ao que elas dizem e ao modo como falam. Veja se é capaz de associar o que disseram às situações que elas estão vivendo. Repare que muita gente vive na base do “deveria”… São pessoas que ficam imaginando porque não conseguem sair de situações desagradáveis. O fato é que elas querem controlar coisas que não podem controlar…

Outra expressão que precisa ser removida da fala e pensamento é “tenho de”.

Conseguir isso é aliviar muito a pressão que impõe a você mesmo ao usar essa expressão… Em vez disso, comece a falar “escolho”…

A palavra escolher pode dar uma perspectiva completamente diferente a sua vida.

Lembre-se sempre que tudo o que você faz é por escolha, mesmo que não lhe pareça…

Quer saber o que você anda pensando e como tem falado? Então faça um pequeno exercício.

Coloque um gravador perto de seu telefone e ligue-o sempre que der ou receber uma chamada. Quando a memória estiver cheia, ouça o que você disse e que palavras usou. Provavelmente você ficará chocado.

A partir daí, comece a prestar atenção às palavras que costuma usar e em sua inflexão de voz. Se perceber que repete a mesma expressão três ou mais vezes, anote-a; isso é um de seus padrões de pensamento. Alguns desses padrões serão positivos e capazes de lhe proporcionar apoio, mas certamente você encontrará alguns padrões muito negativos que só o estão prejudicando.

Louise Hay

Escute a voz da sua alma

Escute a voz da sua alma  universo naturalTodos nos buscamos a felicidade e nessa busca percorremos caminhos que nem sempre nos levam a ela e muitas vezes nos afastam cada vez mais do ponto onde a felicidade se encontra.

Aprendemos a querer coisas que na verdade não queremos numa total incoerência com a nossa natureza.

Desde criança somos levados a acreditar que a felicidade será encontrada em coisas fora de nós e nos são dadas ao longo dos tempos muitas possíveis fórmulas prontas e muitos caminhos que apontam para a tal busca da felicidade.

Acabamos acreditando que fora daqueles padrões e daqueles conceitos não existe a menor chance de ser feliz e vamos por aí conquistando coisas, cargos, status ,stress… Menos a felicidade.

Dá um sentimento de vazio quando constatamos que não era bem aquilo que esperávamos… Uma sensação de ter vencido a corrida e não ter levado o prêmio.

Mas a voz do ego nos chama de muitas formas, cada vez mais atrativas e mais convincentes e de novo embarcamos nessa busca que não tem conexão com a nossa vontade mais profunda.

E podemos ficar perdidos no meio de tantos chamados do ego ou podemos escolher escutar uma outra voz.

Uma voz que nos fala suavemente nos convidando a descobrir nosso próprio caminho sem receitas prontas e aonde cada um vai escrevendo a sua própria história. É a voz da Alma.

Para seguir esse chamado da alma é preciso coragem desapego além de muita Fé.

Coragem porque em alguns pontos precisamos abrir a nossa própria estrada, precisamos passar por onde ninguém passou buscando nos mergulhos profundos as pistas que indicam a direção do próximo passo.

Desapego dos conceitos, das regras e principalmente do ego é preciso deixar espaço para as coisas novas e que fazem sentido para a nossa história.

E fé para confiar nos caminhos que a Alma nos indica, sabendo que aqui não existem os limites da nossa mente racional e que o impossível pode se tornar possível quando menos esperamos.

Quando nos abrimos para seguir a voz da Alma, aos poucos vamos descobrindo que a felicidade não se encontra nos prometidos finais, mas em cada passo em que estamos conectados com o nosso propósito Divino.

Vamos percebendo que a felicidade é um atributo de cada um de nós que aparece na medida em que vamos nos conhecendo melhor e nos aproximando de quem realmente somos.

A felicidade se aproxima da gente na medida em que nos aproximamos de nós mesmos.

E chega um tempo onde não conseguimos mais fugir do chamado que vem da Alma, porque essa voz vai se fazendo tão presente e tão natural que entendemos que é a única voz que nos indica o caminho de volta pra casa.

Então, procure escutar a voz da sua alma e siga esses caminhos assim você vai perceber que muito além do conhecido existem muitas possibilidades…

Até a de Ser feliz.

Osho

A vida que você precisa aprender a viver

A vida que você precisa aprender a viver universo naturalA vida vem em ciclos e você precisa saber identificar quando acaba um e quando começa outro! Cada ciclo, cada etapa tem seu valor, seus ensinamentos e seus encantos. Pra que ficar dando voltas achando que uma fase de sua vida vai voltar, achando que aquela pessoa vai voltar? É um grande erro viver no presente mas sentindo falta do passado. O que passou, passou!

Pare de ficar esperando que devolvam o seu passado. Nem tão pouco espere ser reconhecido pelo que você verdadeiramente é!

O que há de vir, virá a seu tempo e na sua hora! Nunca mais perca o seu precioso tempo do presente mexendo no passado e antecipando o seu futuro.

É para frente que a vida segue, viu? E amor também! Às vezes se ganha e às vezes se perde! Por isso, aprenda a conviver com as perdas e com os ganhos. Mas continue a viver! Rasgue os papéis velhos, mude de casa, viaje, faça novos amigos, jogue fora os presentes desbotados, dê suas roupas e seus livros que não usa mais… Faça a energia girar e fluir!

Você já não é mais a mesma pessoa de ontem. Certo? Veja quanta coisa você construiu aí dentro do seu coração! Veja como você ficou experiente e competente! Vire a página! Feche a porta! Encerre o ciclo! Passe a régua!

Você não precisa ser sempre a mesma pessoa. Porque a vida não é estática! É bom lembrar sempre que nada, nem ninguém é indispensável. Mas você é indispensável e imprescindível. Por isso merece viver! Bem e Feliz!

É essa a vida que você precisa aprender a viver. O aqui e o agora é todo seu

Luis Carlos Mazzini