Resistências

Aqui estão algumas situações para ajudar a aumentar a sua compreensão da Resistência e das oportunidades que se encontram dentro das circunstâncias difíceis que são parte da sua vida:

Resistência ao ego: Você está com um grupo de amigos ou colegas do trabalho. Todos estão falando, mostrando o seu conhecimento sobre algum tema em particular. Mas, para você, fica óbvio que seu domínio do assunto é bem superior ao deles. Você sente uma pressão para falar e exibir o seu conhecimento. Resista: É o seu ego! Não fale. Não diga uma palavra. Reconheça a oportunidade espiritual e deixe para lá. A Luz entrará e você pode aprender algo de valioso da conversa.

Resistência ao ego invertido: Depois de uma apresentação de trabalhos, todos estão fazendo perguntas, menos você. Você se sente pressionado. Inseguro. Tem medo do que as pessoas na sala possam estar pensando de você. Você fica centrado em si mesmo. Sua reação imediata é falar, por causa da insegurança. Isto é um pensamento do ego invertido: Você não é suficientemente bom. Resista! Deixe para lá! Preocupar-se com o que os outros pensam é comportamento reativo. Mais tarde, provavelmente meia dúzia de pessoas se aproximarão de você e começarão uma conversa, fazendo com que você se sinta muito bem a respeito de si mesmo.

Resistência à preguiça: Vem-lhe uma ótima ideia. Você fica totalmente entusiasmado e tem a intenção de agir a respeito. Então começa a procrastinação. Você adia. Resista a essa preguiça! Resistência não significa necessariamente parar e ficar quieto. Frequentemente significa parar o desejo de parar, e mergulhar de cabeça.

Resistência a julgar: Irrompe uma discussão entre membros da família ou amigos próximos. Você escuta um lado da história e fica espantado. Você está pronto para fazer o seu julgamento e escolher o seu lado. Resista! Abandone as emoções. Escute o outro lado. Sua correção provavelmente está ligado a um comportamento julgador. Você descobrirá que a história tem dois lados.

Resistência a se complicar: Você está confuso a respeito de algumas decisões importantes, preocupado com o impacto delas em sua vida. Você pondera, analisa, se preocupa, se aflige, se enerva e se estressa. Resista ao impulso de se atormentar! Saia e faça algo de bom para alguma outra pessoa. Invista um pouco de tempo ajudando os outros com os seus problemas. Quando você sai do próprio caminho, as soluções vêm a você quando menos se espera.

Resistência ao autoelogio: Você fez algo realmente maravilhoso e todos o admiram por isso. Você agora se vê tentado a reviver a glória e reprisá-la repetidamente em sua cabeça. Resista a essas recordações que servem a si mesmo! Pense maior. O que mais você pode fazer? O que vem a seguir? Passe para o próximo ato positivo.

Yehuda Berg – O Poder da Cabala

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s