O menino Celeste

Ali, na manjedoura simples, estava o bebê radiante.

Ele se mexia bastante, como se estivesse adaptando-se ao corpo.

Ele também ria muito, sabe-se lá de quê…

Os seus pais estavam encantados com a beleza do menino.

Mas, pouca gente sabe que eles também estavam preocupados.

É que eles sabiam da responsabilidade de ter recebido o menino celeste.

Dizem que os três magos chegaram e prestaram reverências ao pequeno.

Eles também sabiam que o Céu tinha se revestido de criança.

Tinham sido guiados até ali por uma estrela…

E assim, essa história é sempre lembrada em época de natal.

Mas, o que pouca gente sabe, é que a manjedoura é no coração espiritual.

É ali que o menino celeste precisa nascer, para rir e brincar.

E, quando ele chegar, os três reis magos virão, guiados pela estrela…

E o coração se tornará um sol de amor.

E, dentro dele, o sorriso do menino Jesus, dirá:

“Todo dia é natal, cada alvorada é um novo recomeço.

Pratique o bem, sem olhar a quem. Ame.

Perdoe, quantas vezes forem necessárias, e também se perdoe.

O Pai Celestial está em tudo! Perceba-o em todos os seres.

E jamais permita que o ódio envenene o seu viver.

Eu estarei aqui, em espírito e verdade, e caminharemos juntos…”

Wagner Borges

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s