O mundo real está atrás das cortinas

COINCIDÊNCIA

A Palavra coincidência seria quase uma conspiração de improbabilidades.

Várias coisas conspiram, ocorrem ou ocorreram ao mesmo tempo.

O próprio incidente tem significado especial para a pessoa.

É frequente ter uma natureza simbólica; há sempre algo mais profundo do que o próprio incidente. Causa uma emoção intensa por quem passa pela experiência; às vezes transforma totalmente a vida da pessoa.

Se você prestar atenção a essas conspirações, verá que elas são “dicas”, são mensagens do mundo e assim poderíamos participar conscientemente da criação de nosso próprio destino.

CONSCIÊNCIA

Uma grande história zen diz que havia dois estudantes observando uma bandeira.

O primeiro dizia: – olha, a bandeira está se movimentando.

O segundo diz: – não, o que está em movimento é o vento.

Chega o professor e eles perguntam: – o que está se movendo é o vento ou a bandeira?

E o professor diz: – nem o vento, nem a bandeira. O que se move é a consciência.

O UNIVERSO NUM PONTO

No nível da realidade quântica, a informação está embebida em energia.

Ao nível quântico tudo é indivisível.

Não há separação entre mim e você porque somos todos parte do vasto universo de informação e energia. Neste exato momento, se pegássemos um pedacinho do espaço quântico aqui entre meus dedos, teríamos o universo inteiro.

Toda a energia e informação está bem aqui, nesse ponto entre meus dedos.

Notícias da televisão estão passando aqui agora, por exemplo.

Você não pode ver apenas porque não tem os instrumentos certos.

Mas está tudo aqui, só que em diversas frequências.

CÉREBRO

Apenas por um momento, feche os olhos.

Agora pense no seu quarto.

Veja sua cama, as paredes.

Agora abra os olhos.

Você viu seu quarto, claro.

E assim que você viu essa imagem, um feixe de fótons, luz, acendeu em seu cérebro.

Mas antes de pedir que você visse essa imagem, onde ela estava?

Onde está a memória até o momento que decidimos lembrar?

A memória não está no cérebro como tanta gente diz.

As pessoas dizem isso porque se alguém tem um derrame pode perder a memória.

Mas hoje os mais brilhantes cientistas do mundo estão afirmando que a memória não está no cérebro.

O cérebro é apenas um hardware, como um rádio.

Não há prova cientifica de que o cérebro produza pensamentos.

Ele os decodifica.

O que ensinam as grandes escolas espirituais é que o pensamento vem da alma, do verdadeiro eu.

Para além dos olhos da carne e dos olhos da mente estão os olhos da alma.

É aí que temos memória, insights, imaginação, entendimento, intenção, curiosidade, sabedoria, criatividade.

Hoje alguns cientistas começam a descrever esse domínio, que chamaremos de realidade virtual. É aí que estava o pensamento, antes de você tê-lo tido.

REALIDADE VIRTUAL

A realidade virtual é imortal.

E infinitamente correlacionada.

É o software do Universo.

Esse nível de realidade é silencioso.

A mente está sempre falando, mas aqui há silencio profundo.

É eterno, porque nunca morrerá porque nunca nasceu, sempre esteve lá.

Não tem energia, mas toda energia vem daí.

Esse nível de realidade não tem tempo, é a criatividade infinita, o potencial infinito. Esse nível de realidade tem um infinito poder de organização.

Esse nível de realidade é a nossa própria alma.

A ORDEM NÃO MANIFESTA

O tempo linear é a forma da natureza não nos deixar experimentar tudo ao mesmo tempo.

Mas há um mundo não manifesto onde tudo – passado, presente e futuro – está contido.

Imagine que está lendo um livro, na página 70, e ele é uma história sobre você. Vai para a página 22 e a história também é sobre você, só que no passado. Na página 130 a história continua sendo sobre você, porem no futuro.

Você é que está lendo essa página agora.

É assim que funciona a realidade.

Volta e meia acessamos esse mundo não manifesto.

Se a informação vem do passado, dizemos: oh, é das vidas passadas;

se vem do futuro, dizemos: – oh, é uma profecia, uma clarividência.

São palavras para descrever o que o poeta Rumi já disse de outra forma:

“O mundo real está atrás das cortinas; na verdade não estamos aqui, esta é a nossa sombra. A experiência do amor não só como sentimento, mas como verdade maior da criação, o êxtase que vem daí, nos trás a memória da ordem submanifesta do ser, de toda a mágica da vida”.

 

Deepak Chopra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s