Entre o céu e a terra

Chega um momento na evolução de cada alma em que a principal preocupação não é mais a sobrevivência do corpo, mas o desenvolvimento do espírito: não é mais o sucesso terreno, mas a realização do Eu.

Em certo sentido, esse é um momento muito perigoso, principalmente no início, porque a entidade que habita no corpo agora sabe que é apenas isso: um ser em um corpo – não um  ser corpóreo.

Nesse estágio, antes da entidade em desenvolvimento amadurecer, frequentemente perde todo o interesse pelos assuntos do corpo. A alma está tão excitada por ter sido finalmente  “descoberta”!

A mente abandona o corpo, e tudo que lhe diz respeito é ignorado. Os relacionamentos são postos de lado, as famílias deixam de existir, os empregos ficam em segundo plano, as contas não são pagas. O próprio corpo não é alimentado durante longos períodos. Todo o enfoque da entidade passa a ser na alma, e nos assuntos da alma.

Isso pode levara uma grande crise pessoal na vida diária do ser, embora a mente não perceba qualquer trauma. Está em êxtase, divagando. As outras pessoas dizem que você não está em seu juízo perfeito – e de certa forma pode não estar.

A descoberta da verdade de que a vida não tem nada a ver com o corpo pode criar um desequilíbrio.

Enquanto no início a entidade agia como se o corpo fosse tudo que importasse, agora age como se os assuntos do corpo não tivessem a mínima importância. É claro que isso não é verdade – como a entidade logo (e às vezes penosamente) lembrará. Você é um ser composto de três partes: corpo, mente e alma. Sempre o será, não apenas enquanto viver na Terra.

Há pessoas que supõem que com a morte o corpo e a mente são abandonados. Mas não são. O corpo muda de forma, deixando para trás a sua parte mais densa, mas mantendo sempre a sua exterioridade. A mente (não confunda com o cérebro) também o acompanha, unindo-se ao espírito e ao corpo como uma massa de energia de três dimensões, ou facetas.

Se você escolher voltar a ter a oportunidade de experimentar o que chama de vida na Terra, seu Eu divino separará novamente suas dimensões no que você chama de corpo, mente e espírito. Na verdade você é uma só energia, com três características distintas.

Quando você decide habitar um novo corpo físico na Terra, seu corpo etéreo (como alguns o chamam) diminui o ritmo das suas vibrações – deixa de produzir vibrações tão rápidas que não podem ser vistas, e as produz com uma velocidade que gera massa e matéria. Essa matéria é a criação do puro pensamento – o trabalho da sua mente, o aspecto mental mais sublime de seu ser formado por três partes.

Essa matéria é uma solidificação de trilhões de unidades de energia diferentes em uma enorme massa, controlável pela mente… você é realmente um mestre da mente!

 Quando essas pequenas unidades consomem a sua energia, são descartadas pelo corpo, enquanto a mente cria novas. A mente cria através de seu pensamento contínuo a respeito de Quem Você É! O corpo etéreo por assim dizer “capta” o pensamento, e diminui a vibração de mais unidades de energia (em certo sentido as “cristaliza”), e elas se tornam matéria, a sua nova matéria. Desse modo, todas as células de seu corpo mudam ao longo dos anos. Literalmente, você não é a mesma pessoa que era há alguns anos.

 Se você ficar pensando em doenças (ou sentir constantemente raiva, ou for negativista), seu corpo dará a esses pensamentos uma forma física. Vendo essa forma negativa e doente, as pessoas perguntarão, “qual é o problema?” sem saber o quanto essa pergunta é pertinente.

A alma vê todo esse drama se desenrolar, ano após ano, mês após mês, dia após dia, minuto após minuto, e sempre sabe a Verdade sobre você. Nunca se esquece do plano original, da primeira ideia, do pensamento criativo. Seu trabalho é literalmente fazê-lo relembrar, para que possa mais uma vez lembrar-se de Quem É, e depois escolher Quem Deseja Ser agora.

Dessa forma o ciclo de criação e experiência, planejamento e execução, conhecimento e avanço rumo ao desconhecido continua, agora e para sempre.

Neale Donald Walsch

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s