O ego e o Eu Superior

O que é o ego? O ego é a pessoa que consideramos ser. Na realidade, o ego é um conjunto de pensamentos, sentimentos, imagens, memórias, hábitos conscientes e inconscientes, incluindo a experiência física, emocional e mental, iluminado pela consciência.

Quando o ego se considera a pessoa real, temos então o problema que se chama de egoísmo. O egoísmo é o pensamento firmemente mantido do eu pessoal como o ser real, e a resultante separação entre o ego e o Eu Superior. Esta confusão de identidade não é apenas um problema de pensamento, é um profundo hábito mental mantido emocionalmente.

Pensamentos e ações repetidos tornam-se tendências, tendências tornam-se hábitos e o hábito molda a nossa experiência do mundo. Durante um longo período de tempo, os hábitos e o resíduo emocional da atividade do ego se tornam muito fortes. As energias do hábito estão abaixo do pensamento, da vontade e do sentimento conscientes.

Podemos corrigir o erro intelectualmente, mas ainda temos de lidar com o hábito. Tão enraizado é ele, que só um esforço total pode alterá-lo com sucesso. Por isso, um esforço profundo é exigido do indivíduo, invocando o poder da graça para desfazer o hábito. Este esforço é chamado a Busca.

O ego empresta sua existência a partir de uma fonte mais profunda que podemos chamar de o Eu Superior. O Eu Superior é a fonte da consciência, da vida e da individualidade do ego e mantém a continuidade da experiência essencial de vida em vida.

Não podemos descrever totalmente o Eu Superior tal qual é em sua própria natureza – infinita e inefável. Mas podemos descrever a sua presença e seus efeitos. O Eu Superior é o nosso ponto de contato com a realidade. O Eu Superior é consciência e vida. É Verdade, Beleza e Bondade. Ele nunca nasceu e nunca morrerá. O ego é impulsionado pelo Superior como um centro para experienciar o universo.

O Eu Superior está relacionado aos centros individuais de experiência e é também universal. É calmo e ativo, a nossa natureza divina imutável, como também a base da jornada evolutiva humana. É uma partícula da mente infinita, mas não toda a mente infinita: “um raio, não o sol”.

A característica mais importante do Eu Superior é a sua presença imediata. O Superior já está e sempre está presente, dentro e por detrás de todos os nossos estados de consciência. Tudo o que precisamos é ter a consciência dele. Mas nem mesmo isso está bem certo – o Eu Superior é consciência, e nós somos isso. Você não pode conhecer o Eu Superior como uma coisa, nem através do pensamento. Você só pode conhecê-lo sendo-O.

A palavra para a imediata, mas não permanente, experiência de si como Eu Superior é o vislumbre. O vislumbre pode ser mais bem comparado com um momento de vigília numa longa existência de sono.

 

Paul Brunton

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s