O mundo e a Mente-do-Mundo

Vimos que há uma realidade interior, uma mente maior, atrás da pessoa, a qual chamamos de o Eu Superior. Qual é então a realidade por trás do mundo?

Mentalismo é um termo usado para explicar que o mundo é um vasto pensamento, não algo material. Quase todo mundo acredita que o mundo esteja lá fora e que a mente está aqui dentro, e que de alguma forma o mundo entra aqui para ser conhecido. O mentalismo assinala que o mundo não é independente do nosso conhecimento dele. Portanto, o mundo tem a sua existência como uma aparência na mente.

O mentalismo não só mostra que o mundo é um pensamento, mas aponta para o poder criativo e a presença profunda da mente que tem pensamentos.

Agora mesmo você está lendo estas palavras. Você pode dizer com certeza que está ciente das palavras, de seu corpo, do ambiente onde você está sentado. Mas você não pode levar a consciência para fora e olhar para ela do jeito que você olha para as palavras, para o corpo e para o ambiente. A mente que conhece o mundo não pode ser conhecida da mesma forma que o mundo que ela conhece. Este é o mistério da consciência. O fato mais imediato e importante da experiência – consciência – é ignorado enquanto os conteúdos em contínua mudança obtém toda nossa atenção.

Podemos explorar o cérebro tanto quanto quisermos, como um objeto, mas isso não nos leva ao princípio imaterial pelo qual conhecemos ou vemos um cérebro. A consciência cognoscente não pode ser transformada num objeto. A Mente é aquilo que manifesta o mundo e conhece o mundo.

Além disso, esta natureza da mente que é a realidade mais profunda por trás da pessoa e do mundo, através da qual todos nós conhecemos o mundo, não é local nem individual. É cósmica e infinita.

O nome que damos à inteligência criativa que manifesta o mundo é Mente-do-Mundo. “O ato de meditação criativa que traz o universo à existência é realizado pela Mente-do-Mundo. Nós, na medida em que experimentamos o mundo, estamos participando deste ato inconscientemente. É um mundo-pensamento e nós somos seres-pensamento.” Poderíamos simplesmente dizer que a Mente do Mundo “pensa” para que o universo exista.

A ideia da Mente-do-Mundo sobre o cosmos, é a Ideia-do-Mundo. É universal e eterna. A Mente-do-Mundo contempla suas ideias eternas e manifesta suas ideias como o cosmos. A ordem e a continuidade da manifestação é chamada de karma.

Cada um de nós compartilha da Ideia-do-Mundo por pensarmos junto com a Mente-do-Mundo. A Mente-do-Mundo está escondida no fundo de nossas mentes individuais. A Ideia-do-Mundo gera todo o nosso conhecimento. Quem procura corretamente encontra o sagrado silêncio interior e a sagrada atividade no universo.

A natureza suprema da Mente é imutável consciência inefável, vazia, espontânea e unificada. Quando a Mente está ativa ao manifestar e sustentar o mundo, é a Mente-do-Mundo. Quando presente em e através de centros individuais de experiência, é o Eu Superior.

Paul Brunton

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s