Você é consciência

Se um pensamento está se movendo em sua mente, apenas observe isto – de repente, você vai ver que o pensamento está ali e você está aqui, e não tem mais nenhuma ponte. Não observe e você se torna identificado com o pensamento. Observe e você não é ele. A mente te possui porque você se esqueceu de como observar. Aprenda.

Olhando para uma rosa, apenas a observe; ou observe uma estrela, ou fique parado na beira de uma rua olhando as pessoas passar. E então, bem devagar, feche seus olhos e veja o tráfego interno se movendo – milhões de pensamentos, desejos, sonhos estão passando. Sempre é hora do rush. Simplesmente observe como alguém que está sentado à margem de um rio, observando-o fluir. Simplesmente observe e observando você se torna consciente de que você não é isto.

A mente existe por estar identificada com as coisas. Não mente significa estar desidentificado delas.

Não seja uma mente, na verdade você não é uma mente. Então, quem é você? Você é consciência, você é o observador, você é a testemunha, você é o puro observador, aquela qualidade de espelho que reflete tudo, mas que nunca se identifica com nada.

E lembre-se, eu não estou dizendo que você é consciente, eu estou dizendo que você é consciência: esta é a sua verdadeira identidade. O dia em que a pessoa percebe que ela é consciência, ela conhece o supremo, porque no momento em que ela sabe “eu sou consciência”, ela também sabe que tudo é consciência, apenas em planos diferentes.

A pedra é consciência da sua própria maneira, a árvore é consciência da sua própria maneira, e assim também os animais e as pessoas. Tudo é consciência à sua própria maneira; e consciência é como um diamante multifacetado.

No dia em que você souber “eu sou consciência”, você terá descoberto a verdade universal, você terá alcançado a realização.

Sócrates diz: “Homem, conheça-te a ti mesmo.” Este é o ensinamento de todos os Budas: conheça-te a ti mesmo. Como é que você vai fazer para conhecer-se a si mesmo? Se a sua mente fica muito ativa e está fazendo muito barulho em torno de você, você nunca vai ouvir a pequena e silenciosa voz que existe dentro de você.

Você tem que se desidentificar da mente. Gurdjieff costumava dizer “todo o meu ensinamento pode ser condensado em uma única palavra e esta palavra é desidentificação”. Ele está certo. Não apenas todo o seu pensamento, mas todo o ensinamento de todos os mestres pode ser condensado nesta única palavra:desidentificação.

Osho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s