Hoje, permita-se ter o único objetivo de sentir paz interior

Hoje - Gerald JampolskyAcho que a maioria de nós consegue se identificar com o homem que entra num restaurante chique para jantar e descobre que o serviço é simplesmente horrível, e a garçonete, estúpida, grosseira e hostil. Também nos identificamos com o que parece ser uma raiva justificada, um ressentimento sensato, fantasias de hostilidade, e o fato de não deixar gorjeta para a garçonete.

Para ter paz interior como nosso único objetivo, precisamos corrigir a crença equivocada de que a raiva ou ressentimento justificados nos deixam em paz. A raiva e os pensamentos de ataque simplesmente não trazem paz nenhuma.

Vamos encenar de novo esse pequeno drama. Dessa vez, sussurro no ouvido do cliente assim que ele se senta que o marido da garçonete morreu há dois dias e que ela tem cinco filhos em casa que dependem exclusivamente dela para serem sustentados.

Agora ele consegue ver que a garçonete está assustada e reconhecer que ela está pedindo Amor. Ele agora pode responder vendo a força e a devoção dela, e descobre que pode perdoar seu comportamento. Agora a resposta dele é uma atitude amorosa de aceitação, que ele demonstra deixando uma gorjeta bem grande.

A forma externa do que é visto com os olhos e ouvidos é a mesma em ambos os casos. No entanto, no primeiro roteiro, os eventos são vistos pela janela do medo e, no segundo, pela janela do Amor.

Hoje, permita-se ter o único objetivo de sentir paz interior, pondo toda a sua atenção aos seguintes pensamentos: hoje vou ver sem julgar tudo o que acontecer. Todos os eventos me dão mais uma oportunidade de sentir Amor em vez de medo.

Gerald Jampolsky

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s