Leio muito e estudo sempre. Por que não consigo resolver meus problemas?

leio-muito-e-estudo-sempre-por-que-nao-consigo-resolver-meus-problemasUma pergunta aparece com frequência quando converso com as pessoas:
“ Leio muito e estudo sempre. Por que não consigo resolver meus problemas? ”

Podemos resumir a resposta a duas palavras: pensamento e emoção.

Existe uma diferença entre uma situação teórica e a dor pessoal. A sua situação particular – ainda que retratada perfeitamente num texto que você lê – significa para você mais que um amontoado de palavras e um desfile de conceitos: é uma situação real, intensificada pela emoção que desperta.

Emoções como a raiva, o medo ou a preocupação deflagram hábitos de pensamento que tornam difícil para você por em prática uma resposta diferente, tendo como base e tentando aplicar à sua vida o que você leu e estudou.

O que acontece é que você fica imobilizado em respostas-padrão, estruturadas a partir das crenças que fazem parte da sua vida. Essas crenças são os pensamentos e sensações que vão da preocupação ao medo, da raiva à vingança, da vergonha à necessidade de se justificar, e que se misturam em sua mente numa dança frenética, num turbilhão de ideias e sentimentos.

Dessa forma, um fato simples pode tomar proporções desmedidas e os antigos fantasmas saem das sombras em que se esconderam, fortalecidos pelos sentimentos que predominam. Assim é que os medos e inseguranças da sua vida ressurgem, vivos e fortes.

Nesse cenário de confusão mental e no redemoinho emocional formado, o fluxo das energias vitais se desorganiza. Essa desarmonia pode ser sentida de diversas maneiras, refletindo de forma desagradável no corpo, na mente ou nas emoções. É preciso levar essa miscelânea de pensamentos-emoções-sensações ao equilíbrio.

Faça alguns exercícios de respiração, ore, medite. Cuide carinhosamente de alguma planta, algum bichinho. Ao andar pela rua, preste atenção às árvores, aos pássaros, às flores. Ande descalço, mexa com a terra, busque uma integração com a natureza. Busque uma aproximação com sua natureza essencial. Se necessário, procure ajuda externa, de um profissional, um grupo, uma associação, que possa ajudá-lo a passar o momento de crise mais intensa.

Restaurando o fluxo harmonioso das energias, as emoções se pacificam. Com as emoções serenadas, você consegue perceber como os gatilhos emocionais deflagram essas armadilhas de repetição dos pensamentos.

A partir desse estado – mais equilibrado energeticamente, mais sereno emocionalmente e mais centrado racionalmente – você pode agir de modo diferente, dando nova solução a antigos problemas.

É a ação – substituindo a re-ação – permitindo aplicar as palavras dos sábios, dos mestres, dos orientadores a cada dia da sua vida, que vai se tornando cada vez mais simples e descomplicada.

Tão simples quanto as duas palavras que passam a definir o novo modo de viver e sentir: paz e gratidão.

Noemi de Carvalho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s