No núcleo do nosso ser somos livres.

no-nucleo-do-nosso-ser-somos-livresReconhecemos a localização de nossa história em nossa carne e emoções. A partir deste reconhecimento a escolha nasce.

Na maioria das vezes nós temos escolhido perpetuar essa história ou nos rebelarmos contra ela. Naturalmente ficamos excitados ao descobrir que podemos escolher viver uma história diferente, uma com a qual nos sentimos mais alinhados.

Há ainda uma outra escolha. Temos a possibilidade de nos livrarmos de todas as histórias. Podemos experimentar o que significa ser ninguém.

Debaixo de todas as histórias, podemos experimentar o núcleo profundo de nós mesmos sem história, sem gênero e sem parentes. Essa presença é livre de relacionamentos e não tem passado nem futuro. No núcleo do nosso ser somos livres de definições. Livre de nossas definições experimentamos a nós mesmos como a inteligência consciente de si mesmo, como espaço aberto, sem fim. Este instante sem ser a história, é um instante de liberdade. Pois mesmo que a nossa história esteja cheia de luz e beleza, na medida em que nos definimos através dessa história, somos menos livres.

Após este momento, as histórias nunca serão as mesmas. Podem estar presentes, como provavelmente estarão, mas elas não têm mais poder inerente de nos definir.

A riqueza interior que está disponível para nós não é limitada ou ampliada por determinados eventos internos ou externos. Enquanto a personalidade de cada indivíduo continua apenas como as histórias continuam, o verdadeiro “eu” está em casa.

Gangaji

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s